Armênia

 

O nome Armênia apareceu pela primeira vez na inscrição de Behistún (montes Zagros) de Dario I, rei da Pérsia, cerca de 521 aC. Em 612 aC a Armênia foi conquistada pelos Media, que a governou até 549 aC, quando Ciro, rei da Pérsia, tomou o país.

Alguns anos após a morte de Alexandre, o Grande (323 aC), que tinha conquistado a Pérsia, a Armênia tornou-se independente. Antíoco III, rei da Síria, conquistou a Armênia em 212 aC e dividiu-a em duas satrapias, governadas por príncipes armênios. Estas satrapias foram reinos independentes de 190 aC até 94 aC, quando Tigranes, o grande, rei da Armênia , reuniu-as sob seu domínio. Tigranes conquistou partes da Ásia Menor e da Mesopotâmia, mas foi derrotado pelos romanos em 69 aC.

No início do século 4, a Armênia tornou-se um centro do cristianismo. Em 642 , a Armênia foi dominada pelos árabes. Em 886, o reino armênio foi restabelecida. Por volta de 1240, a Armênia foi invadida pelos mongóis, que a governaram até o início do século 15. Os otomanos conquistaram a maior parte da região no século 16. As conquistas russas no Cáucaso, no século 19, foram bem recebidas pelos armênios.

Em 1918, os armênios, anteriormente sob o domínio czarista, declararam independência. Em 1922, a República da Armênia se juntou com as repúblicas socialistas soviéticas do Azerbaijão e da Geórgia para formar a República Soviética da Transcaucásia, que se tornou uma das quatro repúblicas originais da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).

Em 1990, o Soviete Supremo da Armênia declarou o país uma república soberana. Em 1995, a Armênia realizou suas primeiras eleições parlamentares como um país independente.

Mais sobre a Mapa Físico

 

 

 

◄Mapas da Ásia

 

Etchmiadzin

 

Mapa Armenia

 

A catedral de Etchmiadzin, na Armênia, fundada em 303. É considerada a catedral mais antiga do mundo.

 

Copyright © Guia Geográfico - Mapas da Ásia, Viagem e Turismo, Regiões e Países do Continente.

 

 

Países da Ásia

 

 

 

 

Yvon Fruneau